quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Não!


Ele realmente gostaria de entender como as vezes se tem a sensação de ser um caso perdido,um doente terminal,um grande problema ou algo que mereça a preocupação das pessoas mais próximas.Seria ele um coitado ou as pessoas precisam de alguém pra ter pena e se sentirem melhores. É algo do tipo:"ele é um coitado de merda e eu sou menos coitado do que ele". Sadismo é um companheiro sempre presente nas relações humanas e sabemos que apenas um não,uma negação pode afetar e muito a vida de outra pessoa. Então olhe pra quem você ama ou odeia, conhece ou não, ao menos uma vez na vida encare alguma pessoa e olhe bem nos olhos dela e diga um sonoro não. Pois não estamos aqui pra plantar árvores,escrever livros ou ter filhos. Estamos aqui pra negar e assim nos afirmarmos acima de todos apenas negando o que é de direito a todos e que chegamos no topo. É isso que nos ensinam e nada mais que isso. Só um não que sempre vai ecoar na sua cabeça.

7 comentários:

Fisioterapia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ketyucia disse...

"as pessoas precisam de alguém pra ter pena e sentirem melhores."

(Y)

-_-"

Clarissa Marinho disse...

num mundo perfeito as pessoas não diriam tanto não,nem precisariam rebaixar o outro pra se sentir por cima...
enfim,o inferno e o céu são aqui!

simone disse...

"o nao q eu recebi doi mais q o q vc possa ter recebido kalker dia"

neh.. kinem eu jah pedia p. vc.. "me conta uma disgraça p. minha parecer menor"

;}

;*

¤ Polly ¤ disse...

geniais seus textos
adorei
=)
posso linkar vc
????
;*

thiago disse...

uooooooowwwwww, muito bom,um nao pra ecoar suas bolas seu fedelho, seu merdinha, muito bom, Igor, muito bom mesmo. Thiago noisescória.

Um israel ai disse...

isso daria uma boa música bem gritada ;)