quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Música urbana


Muitas tardes tediosas foram salvas por um bom papo sobre música e cultura inútil nessa loja que além de ter um valor histórico é presente na vida de muita gente que tem banda ou frequenta os shows locais. Arrisco até em afirmar que algumas bandas foram formadas ali e que o dono dessa loja de discos além de ser um bom negociante se torna facilmente seu amigo. Robério me apresentou muitas bandas interessantes e sempre trocavamos ideias sobre elas. Os frequentadores da loja também são figuras peculiares e muitas vezes bizarras que rendem boas risadas e situações das maiss variadas e inusitadas. Mas os tempos são outros e não se compra mais discos tanto quanto antes, se você pode baixa-los e os frequentadores atuais em sua maioria não estão procurando o closer do joy division ou alguma banda do underground local que produza um materal tão bom ou até melhor que muito do que rola por ai ,mas não cansam em ir atrás das bandas que a mtv disse que são legais,ou as hypes moderninhas alternativas descoladas ou as emotivas pré-adolescentes que choram porque mamãe não da mesada, não se procura mais sinceridade, só uma embalagem agradável que conseguiu enganar bem os consumidores com alguma mentirinha muito mal bolada . Isso é natural e prévisivel mas não posso esquecer dos discos,livros e amigos que consegui indo naquela pacata loja do centro da cidade. Nunca esqueço dos dias que matava aula pra beber e esperava a loja abrir as 9 horas e ia la bêbado abusar Robério. Mas não se trata de nostalgia, pois as coisas mudaram e não existe uma forma de voltar no tempo, mas a importância que essa loja teve ontem pra mim sempre vai ter amanhã. Nunca esqueço que minha mãe chegou um tempo a mandar meus amigos ligarem pra música urbana pra me encontrar. Era como minha casa que nunca era entediante,pois sempre tinha uma novidade . Espero que essa música continue tocando sempre e sendo significativa a cada ano como tem sido até agora.

3 comentários:

Géssica Medeiros disse...

acho que sou a única que nunca fui lá! :O

;*

simone disse...

musica urbana eh uma lendaaaaaaaaaaaaa!!!


e vei.. se eu pudesse e meu dinhero desse eu compraria ;~

so pelo simbolismo

geraldo_2022 disse...

o que falar da música urbana? a sua história se mistura com a história do próprio rock´n´roll, na cidade do forró, axé e do pagode!