quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Eu quero uma panificadora em minha vida

Não é engraçado quando após uma noite em claro se entupindo de cervejas e com um pouco de fumo de boa qualidade as horas correm e com elas chega o maldito sol mas a única luz que você consegue enxergar é a da padaria no outro lado da rua que parece gritar desesperadamente que precisa de você como nenhuma garota que tenha conhecido fez. A padaria quer o seu dinheiro. Pessoas querem sempre mais, mas a única coisa importante no momento era chegar naquele balcão e pedir um pão com mortadela pra senhora que ali trabalha. Enquanto ela prepara na chapa seu café da manhã ela se torna sua mãe por alguns segundos e parece que dali o próximo passo será o colégio mas o sanduiche logo chega com o café e o prazer dessa simples refeição é tão intenso quanto curto. Logo se percebe que ainda existe fome e que mais um sanduiche seria uma boa. Você logo devora vai até o caixa mas mostra uma notinha,paga um lanche e sai no lucro e com a fome saciada e pensando em como se pode amar tanto uma padaria. Agora é só ir pra casa,descansar pra a próxima bebedeira e para a próxima padaria.

4 comentários:

simone disse...

MAI TAH...
mae nao pq.. a mae vc n tem q enfiar a mao no bolso p. ganhar um sanduiche.. NEH NEH NEH ;\

ae eh qndo vc acorda AHAUAHUAhuAHUAhuaE

rodolfo disse...

meu aniversario nunca podera ser tao bem descrevido...
muito abrigado igor.
rodolfo. kud call.

Clarissa Marinho disse...

padaria é bom demais!!
=)

harrison disse...

pão pão pão
leite leite leite

;]