quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Quem é você mesmo?


Todos corriam em desespero enquanto tudo em volta parecia ruir. Sua casa, seus amigos e tantos lugares que frequentou pareciam se perder em chamas e em meio a elas viu sua família e seus pedidos de socorro podiam ser ouvidos a uma distância enorme dali onde tudo havia começado a acabar. Imploravam pra que ele não esquecesse , mas era o começo do fim e ele não havia esquecido de detonar a última bomba que apagou tudo que um dia lhe importou da memoria. E tudo desmoronou e não se sabe se foram convertidas em pedras de crack ou em dízimos devotos a um pastor. Não importa como ele começou mas no fim estava tudo acabado e ele nunca mais foi o mesmo. Escolheu alguma mentira pra dopar sua mente detonando tudo que um dia foi simples e sincero em troca de nada além do nada. Quem é você mesmo? não esqueça do seu dever como escravo seja la do que for, pois essa obediência voluntáia foi a única coisa que te sobrou.

2 comentários:

Clarissa Marinho disse...

obediência voluntária?eu só obedeço a minha mãe!hehehe

¤ Polly ¤ disse...

eu nao obedeço NGM
nem eu mesma hauahua
pq eu sou esqisofrenica
e eu tb
;*