segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Um bom começo

Quase amanhecendo e te resta mais um cigarro que a cada trago é aproveitado como a única coisa que restou a sua volta. Talvez você tenha arruinado tudo e não adianta lamentar pois sua responsabilidade sobre isso não será amenizada. O olhar distante preso ao nada tão frio como uma despedida insiste em se fixar nesse vazio que talvez seja apenas um reflexo do que se tornou ao longo do anos. Quem realmente se importaria com isso? o sono parece impossivel de se alcançar e seu cigarro esta quase acabando, a tv ligada anuncia um novo dia com sorrisos, pessoas indo pro trabalho ou pro colégio, todo um novo dia com seu convivio social e sua carência em ter algum sentido estão ai te encarando com um sorriso desafiador com aquela pergunta na ponta da lingua: "o que você faz da vida?". Então Um último trago no cigarro antecede a resposta convicta daqueles olhos tão vazios e perdidos: "eu tento dormir, é isso que eu faço da vida". A moral da história seria patética se houvesse alguma intenção em ter moral. Ele tenta dormir na hora em que todos estão acordando e vivendo e isso realmente não tem importância alguma, pois eu durmo bem e você?

4 comentários:

Himmler, Yargo disse...

igor...eu li teu post as 4:55 da manhã e fumando um hollywood red...escuto as pessoas na rua indo para parada d onibus...
no intervalo das 4:15(ninguem no msn para conversar) e 4:50(pessoas acordadno para trabalhar), parece q o tempo parou...aqueles 8min q o cigarro lhe ocupa parece q vc é a unica pessoa viva no mundo...

HARRISON disse...

ainda bem que não fumo ;]

simone disse...

alguem me da um cigarro?!
ahuahauhauahuahuahuauahue

fudidos os q sabem o valor d um.. auhauahuahuauhauae

adoro esse jeito ironico, meio sarcastico e real de discrever as coisas.. \o/ XD

geraldo_2022 disse...

Muito bom, Igor, muito bom mesmo, eu deixei de fumar mas eu sei muito bem qual é a sensação que você descreveu no texto, além do mais, apesar de curto, foi muito bem escrito, eu não tiraria uma palavra desse texto, valeu!