segunda-feira, 28 de julho de 2008

Fragmentos de um domingo de gás lacrimogênio

Álcool e nicotina beijando a boca de um estômago nauseado que queima como um desses tiros que se disparam pra testar a arma e ver alguém sangrar. O dia nublado com programas de auditório celebrando a demência parece ser perfeito para suicidas e demais sofredores e pertubados solitários que costumam tomar atitudes extremas em dias de Faustão e Gugu. Mas a dor é o combustível mata tédio diriam alguns. Muitos medem e pesam sua dor para ao menos nas amarguras sentir ser algo mais, superior em suas desgraças pessoais em comparação aos outros o que  não passa de um ledo engano e dos mais absurdos possíveis de se imaginar. Você sofreu ou sofre? que pena ? o titulo de maior perdedor não vai mudar nada. A humanidade é uma hemorroida no cu do mundo e não tem varicell que expurgue essa porra.
Algumas horas de conversa podem revelar o quanto alguém é atormentado e algumas pessoas realmente não sabem lidar com problemas talvez porque elas sejam o problema. O que me tornaria diferente e especial além de nada? absolutamente porra nenhuma pois somos todos lixo. Seria isso tudo um desabafo de um ser anti social,psicopata em potencial ou seja mais um doente. Claro que sou doente! tão doente quanto você! e na mesma fossa cheia de merda procurando chegar a superfície pra tentar ao menos respirar mas o que é engraçado é que muita gente usa de tudo pra se sentir mais que os outros, inclusive sua dor.
Sei de gente que realmente esta mal e é sincero em relação a isso mas se algo faz mal acho que se deve fazer mal ao que te faz se sentir mal não porque isso seja algum ensinamento cristão ou de auto ajuda ou qualquer idiotice dessas mas porque ninguém vai chorar por você, ninguém vai lamber sua ferida e alimentar sua fraqueza iria afirmar a pseudo força daqueles seres que se acham normais e que costumam usar gente "problemática" como assunto pra animar suas vidas vazias.  Algumas pessoas podem não sofrer por você mas podem se importar realmente com seu bem estar mas talvez isso não seja do seu interesse que esta mais voltado ao egoísmo de se achar o grande sofredor e mártir de todas as chagas do mundo. Triste daquele que defende um lado seja dos desajustados ou dos normais e emocionalmente controlados. Isso no fim não vai importar nem um pouco mas existem coisas sem toda a cobrança de planos idealizados que sustentam coisas grandiosas e perfeitas, existem coisas que simplesmente são boas e pronto e que fazem domingos tediosos irem pro inferno que valem a pena e que se deve agarrar essas coisas como se fosse última coisa a se fazer e sem nenhum pudor sinta e então as lágrimas não vão fazer mais tanto sentido simplesmente porque elas não maiores que você.  Na verdade não me importa nada disso textos não salvam o mundo nem a vida de ninguém e muito menos tenho essa intenção mas precisa de motivo pra se escrever? é como cagar é sentar na privada e pronto e o resultado de escrever é o mesmo de cagar. No fim tudo da em merda hehe 

Um comentário:

Clarissa Marinho disse...

Muito bom!Acido feito gastrite queimando o estomago!!hehe